sábado, 1 de agosto de 2009

Rembrandt o homem e a obra


The three crosses -1653 (1653, 385 x 450 mm-Agua forte)**



Falar sobre Rembrandt seria como um longo olhar de contemplação e reflexão. Impossível não entrar em devaneio, sonhar acordado, divagar sobre o chiaroscuro e a qualidade evocativa de suas sombras.  
Um dos Grandes Mestres da Grande Arte, seu trabalho espelha sua alma e reflete a profundidade de seu caráter e seu profundo sentimento moral de dignidade.  Toda a obra de Rembrandt tem a magia e o mistério das coisas grandes e perenes, luz de conhecimento, alma e sabedoria. Uma ponte que pode nos conduzir a transcender o material e nos aproximar da alma do mundo. 
Rembrandt foi um homem “comum”, teve família, filhos (dos quais só sobreviveu um, Tito), seu trabalho que foi sua arte, seus problemas, enfim. Mas acima de tudo, foi um ser que superou a si próprio, sua vida privada foi um turbilhão de sucessos e fracassos. Seus dramas pessoais foram marcados por grandes e importantes perdas ao longo de sua vida. Mas não apagaram seu brilho e sua obstinação. Ao contrário, enalteceram e engrandeceram seu espírito e por conseqüência seu trabalho. Isso aparece obvio diante de cada obra sua. 
Seus trabalhos iniciais são marcados pelo refinamento de suas pinceladas. Ao longo dos anos seu estilo via se transformando através das mãos e da vivência. A obra que marca uma profunda transformação em sua carreira é The Night Watch. A monumental pintura de uma troupe de cavalheiros da Gurda Civil de Amsterdam. A data é 1639/1642. Após essa estupenda obra muitas mudanças ocorrem na arte do mestre. Proporcionais ao mito que se contruiu em relação a sua figura e os porquês da mudança. A falta de registros concretos e dados só aumentaram as especulações em torno do assunto e muito se romantizou sobre a vida e obra do artista após essa data. Seus biografos e criticos elocubraram sobre hipoteses: a perda da esposa Saskia, a rejeição de The Nigh Watch, a vinda do Clacissismo e até uma crise artística segundo a qual Rembrandt teria ficado presa de sua própria técnica. Alguns trabalhos posteriores revelam um artista em busca de novas possibilidades. Aqui tem um post que fala mais sobre isso.
Na minha modesta opinião, suas provações pessoais só fizeram incrementar e aprimorar sua obra. Conhecer sua arte tem o significado de aproximar-nos das coisas nobres, percorrer caminhos de rara beleza e densidade poéticas. Através deles, nos damos conta da amplitude que a alma humana pode alcançar e daquilo que somente espíritos evoluídos (como Rembrandt) podem produzir de belo. 
Sua obra é composta de pinturas, desenhos e gravuras. Todas exercem sobre nós o mesmo e igual fascínio e admiração, que só pode realmente entender que faz de fato essa vivência. Estar diante de um Rembrandt pode ser uma oportunidade única e preciosa de aprendizado e crescimento espiritual. Contemplar suas gravuras em metal de pequeno formato torna-se uma experiência inesquecível. As gravuras exigem uma proximidade, um diálogo intimista e solitário. Nessa técnica, Rembrandt nos mostra toda sua capacidade de revelar a alma humana. A própria característica exigente da técnica, já e um acontecimento perfeito em si: precisão, esmero, concentração e presença. Em minúsculos traços, consegue comunicar uma gama de profundas emoções. Seus pretos profundos e aveludados, o chiaroscuro, seus traços livres e soltos nos revelam o sentimento de terem sido feitos ao ar livre, espontaneamente. Seu fazer, obtém efeitos pictóricos com a técnica da ponta seca e do buril. Só alguém de grande porte como Rembrandt, pra conseguir tal efeito. Rembrandt utilizou diversos temas em sua obra gráfica. Retratos, paisagens, temas bíblicos, auto-retratos, nus, etc. Todas de igual impacto e beleza. 
Em Amsterdam, está a Rembrandthuis (Rembrandt House Museum), uma casa-museu do século 17, onde ele viveu entre 1639 e 1658. O Museu expõe sua obra gráfica e exposições temporárias. A casa esta mantida com todos os aposentos, seu estúdio e muitos objetos pertencentes a Rembrandt e sua família. Uma vasta coleção de objetos que pertenciam ao artista, um incansável colecionador e curioso a respeito das coisas que o cercavam. Foi aqui que seu filho Tito nasceu e sua esposa Saskia faleceu. Onde foram criadas muitas de suas memoráveis obras.


                                The Jewish Bride c.1665

*Acontece de 17 de maio a 9 de Agosto a exposição temporária Jan Lievens (1607-1674). A maior retrospectiva desse artista que foi amigo e ao mesmo tempo rival de Rembrandt * Gravura- tecnica que se utiliza de matrizes de superficie dura como madeira, pedra ou metal - onde sao feitas incisões, corrosões e talhos com instrumentos e materiais especiais. depois de preparada a matriz o artista faz impressoes sobre papel (ou outro material). Geralmente as gravuras tem tiragem limitada em exemplares iguais, numerados e assinados.A primeira impressao, chama-se prova de estado ou prova do artista.existem diferentes tipos de gravuras em funcao do material empregado: litografia(matriz em pedra), gravura em metal, xilogravura(madeira), serigrafia.
** A obra que ilustra este texto: The three crosses,1653. (385mm x 450mm)
Nesta cena biblica Rembrabdt mostra a cruxificação de Jesus no Monte Golgota. Toda a composiçãoo foi desenhada com ponta seca e buril diretamente sobre a chapa de metal (matriz).
A tecnica de gravura uitlizada foi a agua forte.

5 comentários:

  1. É sempre muito importante preservarmos a memória enaltecendo esses gênios da história da humanidade.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Cheguei até seu blog através de um comentário seu que li no portal PERNAMBUCO NAÇÃO CULTURAL.
    -
    Gostei muito de tudo que li e vi aqui, pretendo voltar sempre!
    -
    Parabéns pelo blog e pelo privilégio (inveja!) de ver obras de Rembrandt de perto.
    -
    Saudações diretas do sertão de PE
    Tárcio Oliveira
    www.tarcioviuassim.blogspot.com
    www.nacaocultural.pe.gov.br/tarciooliveira

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo que você escreve, adorei seu espaço...

    A pintura é magnífica e foi legal conhecer um pouco mais sobre Rembrandt.

    Lidiane
    http://liddyoliveira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Good dispatch and this enter helped me alot in my college assignement. Gratefulness you on your information.

    paxil

    ResponderExcluir