terça-feira, 24 de janeiro de 2012

The Nightingale and the Other Fables.




Um espetáculo pra encher os olhos e o coração, assim é a peça The Nightingale and the other fables. Um mundo de fantasia e encantamento.
Uma montagem brilhante de curtas peças orquestrais e de ópera de Stravinsky (Ragtime, Pribaoutki, The Fox, The Nighingale). A peça central da ópera é The Nightingale, uma fábula originalmente escrita por Hans Christian Andersen e adaptada para a música por Igor Stravinsky o grande compositor russo. 
O mago da peça é o diretor canadense Robert Lapage. Visionário e grandioso, Lapage recria a ópera trazendo para o palco elementos diversos do teatro de sombras chinês, do teatro de marionetes e acrobacias.
A peça inicia com curtas peças de Stravinsky (Pribaoutki, Cat Lullabies) e Konstantin Balmont (Two Poems). No palco um grupo de performers utilizando as mãos e corpo criam imagens de sombras projetadas num grande painel que fica atrás da orquestra. As imagens se sucedem lindamente ilustrando as peças cantadas pelos artistas no palco. Gatos, patos, pássaros, raposas e galos desfilam pela tela projetados pelas hábeis e delicadas mãos. Contando histórias de vaidade, poder e ambição.



O Rouxinol

Para a segunda parte do espetáculo Lepage traz ao palco até mesmo um tanque de água (colocado estrategicamente no local do fosso da orquestra). Nas águas, a história do Rouxinol é reinventada e fantasiada ao modo de Lapage numa aventura aquática, onde os protagonistas semi-imersos guiam fantoches-personagens em seus barcos e entoam com suas vozes tenores e sopranos os diálogos musicados. Um encantador acontecimento de movimentos, luzes e cores, música e vozes. A história se desenvolve e os personagens num vai e vem atravessam o lago: sapos, patos e dragões agitam o movimento das águas.







A fábula conta a história de um Imperador Chinês muito poderoso que ao saber da existência de um magnífico rouxinol em suas terras manda seus servos buscá-lo a fim de conhecer seu hipnótico e maravilhoso canto. O Rouxinol chega ao castelo do Imperador e logo tem seu lugar de destaque e privilégio junto do Imperador. 
Movido pela inveja, ssim que soube do ocorrido o Imperador do Japão envia um presente ao Imperador Chinês: um Rouxinol de metais preciosos e diamantes que canta igualmente como o original. Encantado com tamanha beleza o Imperador Chinês e sua corte dedicam-se com tamanho fervor ao falso pássaro que num momento de distração o verdadeiro Rouxinol aproveita e foge pela janela aberta. Entristecido, o Imperador bane o Rouxinol de suas terras, proibindo-o de voltar ao castelo. 
O tempo passa e o falso Rouxinol de tanto cantar acaba quebrando e então o Imperador cai em profunda tristeza à beira da morte. 
Sabendo do acontecimento o verdadeiro Rouxinol vem a janela onde jaz o Imperador quase morto. Canta para ele e imediatamente o Imperador retoma suas forças. Feliz novamente de ver o pássaro junto de si, propõe a ele que retorne ao castelo onde teria tudo que desejasse. Mas o pássaro em profunda gratidão diz ao Imperador: “a maior e melhor recompensa que tive foram suas lágrimas quando me viu cantar pela primeira vez. Seu coração é mais importante para mim do que sua coroa, assim sendo eu prefiro viver na floresta onde meu canto é mais magestoso. Mas não se preocupe virei visitá-lo todas as noites e cantarei para seu coração”.


*A ópera foi no Hetmuziektheater - Amsterdam
de 12 de Janeiro 2012 a 22 de Janeiro 2012

*Todas as fotos foram tiradas do Google Images, fontes diversas.
Every pictures are from Google Images.
Thanks to the authors!

The Nightingale and the other fables
Ópera de Stravinsky, baseada na fabula O Rouxinol (de Hans Christian Andersen)
Direção de Robert Lapage

CREDITS
Ensemble
De Nederlandse Opera
Musical direction
Xian Zhang
Direction
Robert Lepage
Cast
Mayram Sokolova, Elena Semenova, Ladies chorus of De Nederlandse Opera, Andreas Jaeggi, Edgaras Montvidas, Nabil Suliman, Ilya Bannik, Olga Peretyatko, Yuri Vorobiov, Frank Engel, Richard Meijer, Robert Kops, Oleksandra Lenyshyn, Anneleen Bijnen, Richard Prada
Orchestra
Residentie Orkest
Choir
Koor van De Nederlandse Opera





Um comentário:

  1. Parece lindo, Monica! Onde você assistiu? Um abraço Clarissa

    ResponderExcluir