segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Carmen - Ballet Flamenco




Uma real imersão na máxima expressão da cultura espanhola...

 Se eu pudesse escolher uma coisa somente pra dizer o que mais me impactou em emoção até hoje, eu diria sem dúvida que foi um espetáculo que assisti essa semana em Madri: CARMEN, de Bizet um ballet flamenco,
Caminhando pelas ruas da cidade caiu em minhas mãos um flyer do espetáculo. Logo Carmen, um ballet intenso e caliente por excelência. Que sorte!!!!
Sem hesitar, me transportei em pensamento até o teatro e fiquei imaginando a beleza do que seria. Programa marcado, só esperar pela hora certa. Ansiedade...ahhh que maravilha de ansiedade! 
No verão escaldante madrilenho (até esse “detalhe” fazia sentido) depois de museus e arte pra todos os lados, antecedendo o que estaria por vir como uma preparatória. Lá vamos nós ao encontro do Ballet Flamenco de Madrid no Teatro Nuevo Apolo, na Plaza Tirso de Molina em Madri.
 O teatro pequeno com cores vibrantes em vermelho e dourado. As luzes apagam silêncio total. Os primeiros acordes do ritmo quente e pulsante da música anunciam um grande e intenso espetáculo. Coração aquece...
 A seqüência de acontecimentos quando traduzida em palavras perde completamente seu significado, conteúdo, emoções ou qualquer outra tentativa de descrevê-la.
A arte do flamenco é antes de tudo emoção, alma totalmente presente. Movimentos, ritmos, cores, musica, cenário, roupas, vozes, luzes, sombras...o conjunto de tudo isso misturado compõe um corpo de energia e vibração tão intensos que nos raptam de corpo e alma pra dentro da cena. O olhar permanece fixo sem perder nenhum detalhe. O coração batendo no mesmo compasso, alma imersa num turbilhão de emoções e sentimentos.

Arte em estado puro.

O flamenco é uma arte exigente em que não basta somente o apuro da técnica. É para almas quentes, de grandes sentimentos e emoções fortes. É uma dança muito expressiva feita com o corpo todo em que cada parte movimenta-se de forma coordenada: braços, pernas, mãos, dedos, ombros, ancas, cintura, cabeça, e muito coração. O sapateado, as castanholas e as palmas com seu ritmo forte e contagiante resgatam lá do fundo da nossa alma vivências arquetípicas de algo meio primitivo. Algo que vem à tona nos tomando por inteiro e elevando nosso ser á altura daquele bailado.
A música é um espetáculo dentro do espetáculo. Os instrumentos são simples: violão, o “cájon” (uma caixa de madeira usada como percussão) e a voz do cantor que por si só fala direto ao coração.
 Pouco se sabe ao certo sobre as origens do flamenco, porque sua transmissão aconteceu por via oral. Nasce logicamente num processo contínuo de influências ricas e variadas, que através do tempo vão lhe dando forma.
 Na Espanha propriamente o berço do Flamenco é a Andaluzia. Através da influência de outros povos como romanos, árabes, judeus, fenícios, cartagineses e ciganos a cultura andaluz vai se formando os quais deixaram sua marca no legado da arte. Alguns autores marcam a influência maior dos ciganos, porém outros nem tanto.
Fica aqui uma sugestão: se algum dia você tiver a oportunidade de assistir a um espetáculo de ballet flamenco, não hesite: VÁ!!!!

O Ballet Flamenco de Madri nasce em 2001 como companhia independente e se trasnforma em associação sem fins lucrativos em 2009.Seu trabalho consiste na recueração e atualização da escola de dança espanhola, da dança bolero e do flamenco.

Carmen, de Bizet
Teatro Nuevo Apolo,
Plaza Tirso de Molina, MADR- Espanha
Direção: Luciano Ruiz
Coreografia e colaboração especial: Sara Lezana

Carmen, de Georges Bizet é uma ópera que estreou em 1875, no Ópera-Comique de Paris. Causando espanto, escândalo e incomodo entre os espectadores, acostumados com obras mais nobres de sentimentos e personagens elevados.
Carmen é uma cigana de alma mundana, sem escrúpulos ou remorsos. Enfeitiça e seduz os homens à sua volta. Na disputa por seu amor um dos seus pretendentes (seu amante) acaba apunhalando-a. A obra fala de amor, paixão, vingança, ciúmes, cólera. Sentimentos atormentados de todos nós.

*You Tube

3 comentários:

  1. Anônimo1:04 PM

    Assistir "Carmen" foi muito bonito e intenso.
    O texto ficou bem apaixonado, assim como o Flamenco !
    Continue postando estas experiências.
    beijo
    G.S.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo4:21 PM

    Acho que esse musical não está mais em cartaz...Procurei pela internet e não consegui comprar.caso saibam onde posso ver Carmen em Madrid no período de outubro, por favor, escrevam-me. rosanavl2004@yahoo.com.br.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  3. Moca ...

    Flamenco realmente é uma arte maravilhosa, impactante e totalmente expressiva.
    Tivemos o prazer de assistir um espetáculo em Barcelona e ocorreu o mesmo que a vcs o flyer caiu em nossas mãos (sábio destino) a emoção de assiti-lo é inexplicável já que me faltam palavras.

    Queria compartilhar com vc a mesma emoção e dizer que vc arrebentou no texto sobre o assunto (só para variar neh)..

    Bjos em todos vcs e na minha amiga TINA (aquela danadinha)

    ResponderExcluir